domingo, 21 de fevereiro de 2010

antigamente, na minha época...

Chegar a uma certa idade tem coisas interessantes... Visitar feirinhas de antiguidade, por exemplo, vira um perigo.  De repente você pode achar algum objeto, móvel, que você já teve ou usou. E agora estão ali: numa feira de antiguidades.(Isto me aconteceu numa feira feira de São Paulo - tinham bandeijas, caixas, móveis que fizeram parte da minha infância e estavam ali...)
Meus filhos quando eram pequenos as vezes me perguntavam: "mãe, antigamente, na sua época, como é que era isto assim, assim ...." Aquela palavra "antigamente" me soava como algo totalmente inapropriado. "Antigamente" "na sua época"... Não, eles não sabiam calcular o tempo. Acontece com qualquer criança...
Mas se deparar com uma "antiguidade" que era do seu tempo!... Ah! isto é baton na cueca! Não tem escapatória. Só acontece com quem tem problemas de DNA (data de nascimento avançada).
Um dia destes, numa série de fotos de móveis vintage, encontrei estes aí embaixo. Na minha casa de infancia, adolescencia, tinham estes móveis. Me bateu uma saudade... tempos bons aqueles!
Já dormir num berço destes.

Na minha casa tinha um móvel identico. Só não era pintado, lógico... naquela época ninguem faria isto. Era um bar, cheio de garafas e taças e tinha um cheiro impregnado de bebidas. E servia de apoio para a televisão.

Aquela cadeira lá no canto, tenho duas iguais em casa. Eram da casa da minha avó. Tem também, completando o conjunto, uma "namoradeira" de dois lugares..


E desta luminária de pé, também tinha na minha casa. Só que era tipo lustre mesmo... pendurada. Ficava na copa. E tinham também umas parecidas na varanda.



Mas pra que vocês não achem que sou muito velha, ou antiga (arhhh...) eu até achava eles meio breguinhas, fora de moda...

6 comentários:

Roberta M. disse...

Janete, nem preciso dizer que amo móveis antigos, seja pela história, seja por trazer uma lembrança de um tempo bom que já passou, mas tem seu valor!! Um beijão e um bom domingo!!

calma que estou com pressa disse...

ai amiga querida- eu tõ com este problema de DNA - e so eu quem falo - ah por no meu tempo - ah isto é do tempo da minha infância- tb fui na feira de antigidades que tem aqui em BH - parecia uma criança - falando ro marido - tu se lembra disto - e dálhe dar informações para os filhos - eles tiveram uma aula de história
eu tb achava brega e agora penso -nossa quant coisa minha mãe jogou fora - que tá super caro agora
ah nós com nossos dna -
bjs

Fernanda Fernandes disse...

Então acho que isso é síndrome de mulher ou gay,adora coisas antigas,ou tenho loucura ,não posso ir na casa das tias que fico de olho em tudo!!!!bjos!!

Saron disse...

Oi Janete, pior que é verdade quando a gente ouve ;"no seu tempo".Parece que foram anos e anos.O bom é que essa antiguidade ta na moda(rsrrsr).Amei o movel vermelho, lindo....Bjos

Déa disse...

Janete! vintage é tudo de bom...adoro! Se antes soubessemos que tudo voltaria e que seria um charme ter uma ou mais peças antigas em casa com certeza o cuidado seria diferente. O sofá de patchwork é um espetáculo! Estou fascinada...rsrs! Adorei o post e as imagens!

Bjokas! :*****

MAR. disse...

esses móveis são mto legais..a namoradeira eu conheço..saio caçando tudo que é antigo nas casas dos parentes p montar minha casa..